Focos de incêndio crescem 153% em Limeira, segundo dados do Inpe
Tempo
Focos de incêndio crescem 153% em Limeira, segundo dados do Inpe
Em Piracicaba, alta foi de 10% no número de ocorrências; já em Campinas os casos caíram 24,5%

O número de focos de incêndio cresceu 153% em Limeira (SP) neste mês, do dia 1º até esta segunda-feira (24), em relação ao mesmo período de 2016, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A quantidade de ocorrências saltou de 15 casos no ano passado para 38 em julho de 2017.

Ainda conforme o Inpe, em Piracicaba (SP) também houve aumento. De 28 focos de incêndio em 2016 para 31 neste ano, o que representa alta de 10,7% na cidade. Já em Campinas (SP), aconteceu uma queda na comparação entre os dois anos. Foram 57 ocorrências no ano passado ante 43 focos registrados em 2017.

Somente neste domingo (23), de acordo com o Inpe, as três cidades registraram 16 focos de incêndio. Esse número é quatro vezes maior que a média diária para os três municípios, tanto em 2016 (4,1 casos por dia) quanto em 2017 (4,4 ocorrências diárias).

A falta de chuvas há cerca de 40 dias, conforme o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), da Unicamp, agrava os riscos de incêndios. E não há previsão de chuvas para as próximas duas semanas. Essa situação climática também piora a qualidade do ar (assista ao vídeo acima).

O coordenador regional da Defesa Civil estadual, Sidnei Furtado, alerta que a tendência é aumentar o número de ocorrências de incêndio ainda mais. Para evitar esse quadro e não agravar a qualidade do ar, ele orienta: "Não provoque incêndios, não solte balões porque isso é crime".

Furtado ainda alerta que "donos terrenos onde ocorrem focos de incêndio atendidos por bombeiros e pela defesa civil podem acabar notificados pela Prefeitura".

Fonte: Jornal da EPTV 2ª Edição

Voltar

Acesso Rápido

Localização e Contato

CEPAGRI
Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura

Cidade Universitária "Zeferino Vaz"
Campinas/SP
13083-970
(19)3521-2462


Redes sociais

Contate o Portal do Cepagri