Chuvas de agosto já ultrapassam média esperada
Previsão do Tempo
Chuvas de agosto já ultrapassam média esperada
Após a forte estiagem dos últimos dois meses, em menos de uma semana, foram registrados 70,1 milímetros de precipitação

A chuva dos últimos dias já fez deste mês o terceiro mês de agosto mais chuvoso da história segundo a medição do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas), da Unicamp, perdendo apenas para os anos de 2008 e 2009. As medições do centro começaram em 1989. 

Após a forte estiagem dos últimos dois meses, em menos de uma semana, foram registrados 70,1 milímetros de precipitação, segundo o centro. Em 2008 foram 71,6 mm e, 2009, 79,5 mm. Como ainda estamos na primeira semana do mês há grandes chances que esses números sejam ultrapassados pelo mês atual. 

O volume acumulado também já ultrapassou o dobro da média esperada para o período que é de 22,9 mm. "Um milímetro de chuva corresponde a um litro por metro quadrado. Choveu 70. Este é um valor alto para este período do ano que é bastante seco. Antes de agosto estávamos vivendo um período de bloqueio, com uma massa de ar seco na região, agora que ela foi dissipada as chuvas que estavam atingindo apenas a região Sul conseguiram chegar no Sudeste", explicou a pesquisadora do Cepagri Ana Ávila. 

Ela afirmou que apesar dos dias chuvosos o volume de água não foram muito expressivos para os reservatórios de água. "Para os rios da região foram importantes porque eles puderam dar uma respirada como o Atibaia e o Piracicaba. Além de trazer alívio para todos", afirmou. Hoje cedo o Rio Atibaia registrava a vazão acima de 21 m³/s. 

A pesquisadora afirmou que ainda há possibilidade de chuvas neste mês. "Existe a possibilidade de mais chuvas na próxima semana o que pode superar esses números. Nos próximos dias as chances são menores. Mas tudo pode mudar a partir da semana que vem", explicou. Já o frio permanece nesta semana. "Mas típico dessa época do ano com dias um pouco mais quentes por causa do sol e noites mais frias", disse.

Campinas teve nos seis primeiros meses deste ano o segundo período mais seco da história, segundo o Cepagri. De janeiro a junho choveu apenas 467,6 milímetros, enquanto que a média esperada para o período é de 815,8 mm, ou seja, ficou 57% do total esperado para o período.  

Seca pior do período foi registrada no primeiro semestre de 2014 com 443,4 mm, quando São Paulo sofreu com a maior crise hídrica de sua história.

Fonte: ACidadeON/Campinas

Voltar

Acesso Rápido

Localização e Contato

CEPAGRI
Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura

Cidade Universitária "Zeferino Vaz"
Campinas/SP
13083-970
(19)3521-2462


Redes sociais

Contate o Portal do Cepagri